Para reflexão...


Qualquer plano de retomada econômica, à direita ou à esquerda, precisará atacar os privilégios da alta burocracia estatal (Ministério Público e Poder Judiciário) e os benefícios ao empresariado.

A partir daí, deixo três perguntas:

1) Como a direita faria isso se a aliança desses dois setores é a espinha dorsal do consórcio golpista que tirou o PT da presidência a partir de um golpe?

2) A direita se uniria a esquerda no ataque aos privilégios do Judiciário e do Ministério Público?

3) E a esquerda, por sua vez, se uniria aos algozes do establishment político e da direita para derrotar o poder paralelo da Lava Jato?

Comentários