quinta-feira, 20 de abril de 2017

Juíza de SP absolve Léo Pinheiro, Vaccari e mais dez réus do caso Bancoop


O empreiteiro e ex-presidente da OAS, Léo Pinheiro, o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto e mais dez réus em ação no Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) sobre esquema com a Bancoop (Cooperativa Habitacional dos Bancários)  foram inocentados das acusações.

A decisão pela absolvição sumária dos acusados foi assinada nesta terça-feira (18) pela juíza Maria Priscilla Ernandes Veiga Oliveira, da 4ª Vara do Fórum Criminal da Barra Funda.

O Ministério Público paulista acusava o grupo de atuar em esquema em que a Bancoop captava recursos para campanhas do PT. As investigações apontavam irregularidades envolvendo diversos empreendimentos da cooperativa, entre eles o famoso Edifício Solaris, onde está o tríplex associado ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva . 

A magistrada do TJ-SP considerou que a denúncia apresentada pelos promotores, e que foi aceita por ela mesma em outubro do ano passado, não especificava devidamente os supostos crimes praticados pelos acusados.

"Não há a minúcia necessária, tão somente alegações vagas, o que não pode ser aceito para prosseguimento de um feito criminal, pelo que, também por este aspecto, o feito é fadado à absolvição sumária", escreveu a juíza.

Nenhum comentário:

Postar um comentário